Primeiro amor é inesquecível. Sejamos sinceros, eles nos fazem pirar e quase morrer de emoção, nos dão dor de cabeça, mas nos deixam a sorrir para o vendo, e mesmo assim nunca nos esquecemos deles. Nós falamos que “Não, Não… é passado”, mas no fundo ainda somos loucos por ele, basta apenas um olhar para sentirmos como em um soco o peso do passado. Flashes e lembranças passam por nossas cabeças, deixando nossos olhos nublados, e então sentimos aquele gostinho amargo do fim na boca, ou o gostinho de um não fim. O gosto da nostalgia amorosa. (Bruna Oliveira)

via  fairy-castle  (originally  fairy-castle)
2 years ago on 4 June 2012 @ 5:49pm 115 notes

Não sei explicar, é a voz dele… ela me deixa assim, boba, acanhada, tímida. O modo como ele me trata, como é doce e gentil. No começo ele não fazia parte dos planos, ele entrou em campo assim, de repente, tão rápido que nem pude notar as mudanças que ele causou em mim. Eu dizia que era perigoso, que não iria arriscar, mas sem querer entrei de cabeça, encarei o desconhecido e me surpreendi. É melhor, é muito melhor, cada dia que passa eu me apego mais, eu o quero mais, o desejo mais. Ele, que antes era só mais um menino, hoje faz parte de mim, e eu posso dizer que eu verdadeiramente o amo com todo o meu coração. (Bruna Oliveira

via  fairy-castle  (originally  fairy-castle)
2 years ago on 4 June 2012 @ 5:49pm 183 notes

Penso em como tudo passou tão rápido diante dos meus olhos, em como mudei, evoluí, nas coisas que passei, e nos amores que perdi. (Bruna Oliveira)

via  fairy-castle  (originally  fairy-castle)
2 years ago on 4 June 2012 @ 5:48pm 4,885 notes

Penso em como tudo passou tão rápido diante dos meus olhos, em como mudei, evoluí, nas coisas que passei, e nos amores que perdi. (Bruna Oliveira)

via  fairy-castle  (originally  fairy-castle)
2 years ago on 21 December 2011 @ 3:18pm 4,885 notes

A vida não é justa com ninguém, mas ela te dá sempre duas opções, ser forte e lutar, ou desistir e a bandeira branca levantar. Coragem, não deixe o campo de batalha, lute, não dê o braço a torcer, o choro pode durar uma noite mas a alegria vem de dia. Nunca se esqueça, você é melhor, e não nasceu para ser um perdedor, por isso cuide, e corra atráz do que é seu. (Bruna Oliveira)

via  fairy-castle  (originally  fairy-castle)
2 years ago on 20 November 2011 @ 1:20pm 88 notes

Se meu melhor amigo fosse embora levaria meu coração junto. Eu ficaria totalmente perdida.. sabe? ele que me dá o sustento, a proteção, o abraço que eu tanto preciso.. ele sabe de tudo só de olhar pra mim, a ele confio todos meus medos, segredos e inseguranças, ele me faz sentir a pessoa mais especial do mundo. não sei e nunca quero saber qual é a sensação de perdê-lo, acho que a partir desse dia, poderia dizer que morri. Por isso agradeco a Deus todos os dias por tê-lo colocado na minha vida.. Sabe como é você está desnorteada, precisando chorar muito e com uma ligação voltar ao normal? ou estar com mil coisas na cabeça, sem saber o que fazer ou o que dizer e ter alguém lá, não pra dizer que vai ficar tudo bem, mas para me abraçar e dizer que independente do que acontecer ele está alí, do meu lado. (Bruna Oliveira)

via  fairy-castle  (originally  fairy-castle)
2 years ago on 20 November 2011 @ 1:19pm 346 notes

A amizade é um amor que nunca morre. (Bruna Oliveira)

via  fairy-castle  (originally  fairy-castle)
2 years ago on 20 November 2011 @ 1:19pm 125 notes

Sabe o que eu quero? Entrar na sua mente, fazer parte dos seus sonhos, dos seus planos, quero ser a menina que você quer dar um beijo de boa noite e dois de bom dia, amanhecer em seus braços , me aninhar no seu peito, quero ser aquela a qual você confia todos seus medos, desejos e inseguranças. A guardiã dos seus segredos, quero saber a sua história, as suas verdades, ser a única capaz de te tirar da escuridão, a única com o poder de arrancar uma lágrima sua, aquela que você vai procurar, a menina que deixa seu coração falar mais alto que o orgulho, eu quero penetrar seu coração, e desvendar seus sentimentos mais profundos, despertá-los. Quero ser aquela que te mata de ciúmes, que você quer, quer tanto que chega a doer, quero ser aquela que fez a diferença, que deu uma reviravolta em tudo, que te fez questionar a vida, que te fez querer mudar, que te fez mudar, quero ser única, única e exclusiva, a sua exceção. Quero te fazer sentir coisas que você nem sabia que eram possíveis. Ser sua. Só sua. Me chame, me beije, me toque, me faça sorrir, me segure, me impeça, me peça, me deseje. Quero ser a sua música favorita, o seu sorriso da segunda, a voz que te acalma, te fazer suspirar, relaxar, arrepiar, suar frio, e as bochechas corar. Quero trilhar seu caminho, seguir seus passos. Pois com você não tenho medo, o chato se torna divertido, o perigoso uma aventura, e o bom, Ah, o bom se torna inesquecível. Foi exatamente isso que você fez comigo. Estou tendo os melhores momentos da minha vida,  estive sentindo coisas que mal consigo descrever, dizem que meus olhos brilham quando eu falo de você. A vida é tão cheia de ironias. Meu namorado, possui o  abraço que eu mais quero, o único que preciso, e é o que não tenho. Te quero, eu preciso, eu desejo, me necessito, eu…, eu… não o tenho aqui. E é assim: horas  serenas, horas de desespero; chegar em casa e abraçar o travesseiro na tentativa de suprir a ausência… em vão, desligar as luzes, fechar os olhos e concentrar, deixar a mente fluir, escapar, me tele transportar, mergulhar em um oceano de sonhos e desejos, em momentos e lembranças, que deveriam, mas que de alguma forma não existiram. Deitar, ouvindo sua respiração, sentir sua voz me invadindo e me anestesiando, de olhos abertos fazer um esboço, te ouvindo, e imaginando você sussurrando no meu ouvido, sem a maldita distância, juntos, tão juntos, um só; e acreditar tanto na cena a ponto de sentir o corpo todo arrepiando, sorrir para a escuridão, sentir calor no frio, e dormir, sentindo a proteção, e de alguma forma, seus olhos cuidadosos sobre mim. E é assim, um amando o outro, um pensando no outro, e ambos se querendo. Mas no final, é madrugada, ele está lá fora, ela na varanda do quarto, ambos olhando para o céu com um cigarro na mão, os olhos marejados, pensando, repensando e trepensando em um modo de acabar com essa distância, que ontem atrapalhava, e hoje machuca. For all the love I found in you I’ll be forever thankful, you were always there for me, the tender wind that carried me, a light in the dark shining your love into my life,you’ve been my inspiration, through the lies you were the truth, my world is a better place because of you. (Bruna Oliveira)

via  fairy-castle  (originally  fairy-castle)
2 years ago on 16 November 2011 @ 4:15pm 104 notes

Não sei explicar, é a voz dele… ela me deixa assim, boba, acanhada, tímida. O modo como ele me trata, como é doce e gentil. No começo ele não fazia parte dos planos, ele entrou em campo assim, de repente, tão rápido que nem pude notar as mudanças que ele causou em mim. Eu dizia que era perigoso, que não iria arriscar, mas sem querer entrei de cabeça, encarei o desconhecido e me surpreendi. É melhor, é muito melhor, cada dia que passa eu me apego mais, eu o quero mais, o desejo mais. Ele, que antes era só mais um menino, hoje faz parte de mim, e eu posso dizer que eu verdadeiramente o amo com todo o meu coração. (Bruna Oliveira

via  fairy-castle  (originally  fairy-castle)
2 years ago on 16 November 2011 @ 4:15pm 183 notes

Não é depressão, não é tristeza, nem raiva. Não sei o que sinto, tampoco como estou, é uma mistura de vontade de ser feliz sem sair da cama com a nescessidade de não depender de ninguém, nem de sonho, nem de nada. (Bruna Oliveira)

via  memoriescanfade  (originally  fairy-castle)
2 years ago on 25 September 2011 @ 1:27pm 167 notes